Um vasto e diversificado programa de actividades animará a festa, dirigida aos cidadãos, famílias, empresas e instituições portugueses para um encontro multidisciplinar de convívio e de inúmeras manifestações culturais. A inauguração da exposição “História da EPM-CELP – 10 Anos em Cartaz” e a instalação de uma banca de publicações marcam a participação da Escola Portuguesa no Dia de Portugal, para além da colaboração activa na organização do evento.

A festa, que não esquece os manjericos e as quadras dos santos populares, vai desenrolar-se em torno de vários espaços temáticos instalados em distintos locais do recinto da EPM-CELP. O visitante poderá contar, assim, com os espaços Criança, Institucional, Empresas, Radical, Desporto, Feira do Livro, Exposições, Cinema, Gastronomia e, inevitavelmente, um palco para acolher música, dança, poesia e teatro. Não faltará, tão pouco, um ecrã gigante para visionamento dos jogos de amanhã do Mundial 2010 de futebol, que decorre na vizinha África do Sul.

Nomes prestigiados das artes plásticas de Moçambique, como Malangatana, Chichorro, Idasse, Dito, Sitoe, Sónia Sultuane, Ciro, Geraldes, Mazula e João Tinga marcarão presença para, em conjunto, pintarem uma grande tela. Também o filme “Terra Sonâmbula”, baseado no livro do mesmo nome do escritor moçambicano Mia Couto e com realização da portuguesa Teresa Prata, animará a tarde de amanhã.

Um programa para todos os gostos e todas as idades. Não falte.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo