web maleta.leitura 27set19
Cento e sessenta e um é o número total de livros contidos em cada uma das “Maletas de Leitura” entregues, nesta manhã no auditório Carlos Paredes, a alunos do quarto ano do ensino básico da Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP) e da Escola Primária Completa (EPC) Unidade “22”. A iniciativa, impulsionada pelo projeto “Mabuko Ya Hina” e inserida no âmbito do Mês da Literacia, visa estimular, nos beneficiários, o gosto pela leitura e escrita.

Antes da entrega dos livros, mas integrado na sessão oficial, os alunos da nossa Escola da opção de teatro, maioritariamente do nono ano do ensino básico, exibiram a peça teatral “Leona, a Filha do Silêncio”, adaptada do conto com o mesmo nome, da autoria do escritor Marcelo Panguana que editado pela EPM-CELP. A obra faz parte da coleção “Contos e Histórias de Moçambique” e retrata a vida de uma jovem, Leona, que, misteriosamente, se recusa a falar.

De acordo com Isabel Mota, representante do projeto “Mabuko Ya Hina”, as “Maletas de Leitura” hoje distribuídas visam servir todos os membros da comunidade educativa, ou seja, “o professor escolhido para dinamizar as maletas deve partilhar os livros nas salas de aulas, colocá-los na biblioteca, caso a tenha, lê-los em grupos, orientar atividades de incentivo à leitura, adaptá-los a peças de teatro ou de dança, entre outras atividades”, explicou Isabel Mota.

A EPC Unidade “22” beneficia de uma maleta de leitura pela primeira vez. A diretora Célia Tivane, ciente da falta de uma biblioteca no seu estabelecimento de ensino, garantiu que já desenhou um plano para que os livros da maleta sejam plenamente aproveitados em favor da resolução de problemas de leitura e escrita na sua comunidade escolar.

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo