Durante o dia, os alunos dos vários anos de escolaridade deixarão as suas salas de aula para se sentarem na esplanada, especialmente criada naquele espaço, e, assim, usufruírem da magia da palavra e dos sons quentes da lusofonia.

«Dizer, como Fernando Pessoa, "A minha Pátria é a Língua Portuguesa", é colocar bem alto, na bandeira da vida, o amor pela nossa Língua.
Pelo sentido irmão das palavras e seu entendimento, nos compreendemos nós, os que em Português d'aquém e d'além mar comunicamos. Os que, desta forma verdadeira e natural, sabemos que temos uma força em comum a defender e a amar.
Que bom é poder passar um livro de mão em mão, entre todas as crianças dos Países de Língua oficial portuguesa e saber que a leitura as pode aproximar culturalmente.

Maria Alberta Menéres
Natércia Rocha»

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo