Escrito por Rafo Diaz e inspirado em seis mitos relacionados com a grande árvore africana, o livro é composto por outras tantas histórias, excelentemente ilustradas por Ruth Banõn. O desenho gráfico de Luís Cardoso, aliado à beleza das histórias e das gravuras, tornam o livro num objeto estético e artístico de qualidade inquestionável.   

O livro foi apresentado por Marcelo Panguana, escritor, jornalista e editor da revista “Proler” do Fundo Bibliográfico de Língua Portuguesa, que salientou a importância do mesmo e da expressão literária na formação dos jovens.

O lançamento da obra literária constituiu oportunidade para envolver os alunos da turma B do quinto ano de escolaridade na interpretação de uma história, através da apresentação de um teatro de sombras, dinamizado pela professora Tânia Silva, do Departamento de Línguas.

Rafo Diaz é conhecido como contador de histórias e tem já vários livros publicados, exercendo a sua atividade artística também em outras áreas, como as artes plásticas, o teatro e a animação cultural. Ruth Bañon, por seu turno, trabalha para a Fundação Contos para o Mundo no Projeto Contos e Histórias de Moçambique, que, em parceria com a EPM-CELP, já publicou o “O Pátio das Sombras” e, mais recentemente, “Leona, a filha do silêncio” e “Wazi”. É, ainda, criadora de bijuteria e ilustradora.

A edição de livros pela EPM-CELP insere-se na sua missão enquanto centro de difusão da língua portuguesa e na sua atividade de promoção da leitura e literatura junto das escolas moçambicanas.


Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo