Na sessão de encerramento, realizada no Auditório Carlos Paredes, os formandos receberam os comprovativos da frequência correspondente ao módulo de 25 horas das 100 previstas no plano de formação global acordado com a Direcção da Educação e Cultura da Cidade de Maputo.

Os representantes da Direcção da Educação e Cultura da Cidade de Maputo, do Consulado Geral de Portugal em Maputo e da própria EPM-CELP, presentes na cerimónia de encerramento, foram unânimes em considerar as Jornadas de Formação um forte contributo para o enriquecimento profissional dos professores moçambicanos, auxiliando na melhoria gradual das suas práticas pedagógicas. Ao mesmo tempo, estas iniciativas materializam os acordos de cooperação bilateral estabelecidos entre os governos de Portugal e de Moçambique.

A formação visou o reforço de competências metodológicas daqueles professores moçambicanos no ensino, sobretudo, da Leitura e Escrita no ensino primário e da Matemática. No entanto, a jornada de formação incluiu, igualmente, módulos dedicados à Educação Musical, Educação Física e Educação Visual e Ofícios.

Notícias relacionadas
Acordo de Cooperação entre Portugal e Moçambique

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo