web futuros.presidentes mar19
Alunos do sétimo ano do ensino básico da EPM-CELP e das escolas primárias completas da Polana Caniço “A” e de Maguiguana visitaram a exposição fotográfica “Futuros Presidentes de Moçambique”, no Camões – Centro Cultural Português em Maputo, nos passados dias 12 e 13 de março. Os trabalhos, da autoria do fotógrafo Luís Mileu e do escritor Ricardo Henriques, reúnem imagens e histórias de 20 crianças que, mesmo vivendo em condições precárias, sonham em ser futuros dirigentes.

No primeiro dia da visita, os alunos fizeram um percurso pela história da amostra, os seus objetivos na formação individual e a sua linhagem lírica que incentiva lutas para a realização de sonhos. Na dinamização das atividades com os alunos, Carlos Almeida, coordenador nacional de projetos da Associação Helpo Moçambique, organizadora da iniciativa, apresentou, de forma lúdica, o tema da mostra, orientando os alunos nos percursos da arte patente na exposição “Futuros Presidentes de Moçambique”.

As visitas à exposição proporcionaram, igualmente, momentos de interação bilateral entre os alunos nos quais cada um entrevistou o seu par, registando os seus depoimentos e até imagens junto dos painéis expostos. Os trabalhos do certame “Furturos Presidentes de Moçambique” expõem a ousadia dos sonhos das crianças das zonas mais recônditas do norte de Moçambique, sustentada pelo valor que os autores (fotógrafo e escritor), e os próprios visitantes, reconhecem na educação, que pode “transformar a vida de milhões de crianças, alertando para a importância de deixar que as crianças sejam simplesmente crianças, com direito a poderem sonhar”, lê-se no comunicado da Associação Helpo Helpo alusivo à iniciativa.

Luísa Antunes, diretora do Centro de Formação e Difusão da Língua Portuguesa na EPM-CELP, esclareceu que o objetivo da visita à exposição teve em vista alertar os nossos alunos para várias questões de natureza social, entre elas a igualdade de género. Considerou, ainda, que “os nossos estudantes das turmas B e F, acompanhados pelos respetivos diretores de turma, conseguiram colher muita experiência da visita”, não só através da visualização da exposição, mas também do contato direto com os livros disponibilizados para consulta na biblioteca do Camões”, afirmou.

A exposição “Futuros Presidentes de Moçambique” está patente ao público até 29 de março em curso no Camões – Centro Cultural Português em Maputo.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo