O ponto de recolha da EPM-CELP juntou, aproximadamente, 500 quilos de arroz, 400 de farinha, 170 de açúcar, 100 litros de óleo, 530 latas de conserva e 90 latas de leite em pó, entre outros produtos, o que traduz uma boa resposta da nossa comunidade educativa.

A resposta a este apelo de solidariedade, tanto da comunidade educativa como dos particulares e empresas, foi notável, numa clara demonstração da integração da comunidade portuguesa residente em Moçambique e da sua atenção aos problemas que afetam a população do país de acolhimento.

O nosso bem-haja a todos os que colaboraram nesta iniciativa.

Comentários   

0 #1 Aly Calisto da Silva 20-01-2015 17:51
Felicito a iniciativa e encorajar mas compatriotas e amigos de Moçambique a serem solidários coma causa. Muita força.
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo