web brinquedo 07JUL20
Os professores de Ciências Físico-Químicas do terceiro ciclo do ensino básico, juntamente com o grupo “Mãos na Ciência” coloca todos os anos um desafio aos alunos: construir um brinquedo científico.  O projeto pretende aproximar os conteúdos abrangidos pelo programa da disciplina e, sempre que possível, promover a interdisciplinaridade, nomeadamente entre Português, História, Educação Física e TIC.

No corrente ano letivo, os alunos do sétimo ano escolheram o brinquedo a construir, enquanto aos estudantes dos oitavo e nono anos a proposta foi a construção de uma luneta e arco e flecha, respetivamente. O projeto previa, para além da habitual exposição e apresentação do melhor brinquedo científico, uma competição com o objetivo de encontrar a melhor luneta e o arco e flecha mais eficiente (melhor lançamento).

Apresentação dos brinquedos científicos 2019/2020
web brinquedo.7ano 07JUL20 web brinquedo.8ano 07JUL20 web brinquedo.9ano 07JUL20
7.º ano 8.º ano 9.º ano
(clique nas imagens para ver os vídeos)

A interrupção das aulas presenciais e o confinamento social devido à atual pandemia provocaram alguma inércia inicial quanto à ideia de prosseguir com o projeto. Apesar de todas as contingências para a aquisição de materiais, os alunos e encarregados de educação empenharam-se e divertiram-se. Mostraram a importância deste tipo de projetos na ocupação do tempo dos alunos em confinamento, mas, acima de tudo, demonstraram que é possível adaptar e prosseguir os projetos mesmo com restrições.

Os alunos do oitavo ano revelaram-se surpreendidos e felizes com o seu trabalho pois tiveram a oportunidade de fazer a sua primeira observação astronómica com um telescópio/luneta contruído por si. A reação do aluno Kauan Preto, do “8.ºE”, é ilustrativa: "A minha experiência, este ano, na construção de um brinquedo científico foi excelente. Foi interessante construir um brinquedo com alguma utilidade. Por exemplo, aprendemos um pouco mais sobre o universo e vimos coisas fantásticas. Fiz o brinquedo científico com muito mais empenho, sabendo que, no final, conseguiria atingir o meu objetivo. É fascinante que conseguimos observar, por exemplo, a lua. Eu fiz essa experiência! E confesso que, na hora, fiquei um bocado sem reação ao ver que, com o meu brinquedo científico, consigo ver as crateras e divisões da lua. Fiquei muito fascinado! E eu fiquei assim a pensar: imagina se eu visse alguma coisa extraterrestre nas crateras da lua com o telescópio feito por mim, seria algo inacreditável!!! Foi, simplesmente, uma experiência única e surpreendente."

Os alunos do nono divertiram-se entre a física das forças e a imaginação de um qualquer super-herói com arco e flecha.

Os professores de Ciências Físico-Químicas e do grupo “Mãos da Ciência” esperam, assim, despertar o “bichinho” nos alunos para que estes continuem a ser curiosos e a explorar conhecimentos e os melhores materiais na área das ciências.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

Logo UPA

despesc

Topo