Gilberto Leal foi, na EPM-CELP, um grande activista de várias expressões ligadas às artes visuais. Além de autor de painéis de azulejos, que decoram muitos espaços comuns dos nossos edifícios, o comendador dinamizou diversas oficinas de formação associadas à cerâmica e à gravura, nomeadamente, na EPM-CELP.

Foi também Gilberto Leal que facilitou, em 2005, a filiação da EPM-CELP na Associação Nacional Sulafricana para as Artes Visuais (SANAVA), da qual era conselheiro. Nesta sequência, professores de artes visuais da nossa Escola participaram em algumas edições das conferências internacionais organizadas por aquela organização.

A EPM-CELP endereça à família enlutada os sentidos pêsames pelo falecimento do comendador Gilberto Leal.

web gilbertoleal mar13

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo