Alunos, funcionários, professores e a Direcção da EPM-CELP homenageiam aqui a Rita:

“Querida RitaAs palavras, que tanto amavas, vergam-se de tristeza perante a tua partida.

As palavras que usavas em cada linha dos teus cadernos, em cada sonho feito prosa, feito poesia, choram lágrimas infinitas.

Não é possível dizer o quão importante foste neste espaço que te viu crescer.

Não é possível dizer do vazio que chega com a tua ausência física. Porém, cada palavra do teu rosto que flamejava sede de viver, de sonho, de tranquilidade presenteia-nos com a mais bela luz: o teu límpido e inesquecível sorriso.

Permaneces em cada um de nós pelo teu amor à vida, pela tua serenidade, pela esperança que colocavas em cada momento.

Até sempre!”

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo