web arranque17.18O novo ano letivo de 2017/2018 arrancou hoje na nossa Escola, com a receção aos alunos do primeiro ciclo do ensino básico e do ensino secundário. Promover a socialização, dar a conhecer as principais normas da escola e desfrutar do prazer de jogar foram os principais objetivos das atividades destinadas aos alunos do primeiro ciclo, que decorreram durante a manhã.

web sandra.pereira1Vários encarregados de educação marcaram presença na sessão de boas-vindas que teve lugar no Auditório Carlos Paredes. É a primeira vez que Sandra Letra, mãe de Leonor Trindade (5.º D) e Sofia Trindade (1.º A) está em Moçambique. Vindas do Dubai, aterraram em solo moçambicano há cerca de 15 dias e as primeiras impressões do país e da escola são muito positivas: “assim que cheguei senti-me em casa e na escola senti boas energias. Vou guardar sempre os aspetos positivos da passagem das minhas filhas por cá”, declarou.

web mariaesteves1Pelo quarto ano consecutivo em Moçambique, a mãe de Rita Reis (4.º ano) e de Ana Reis (6.º), Maria Esteves, afirma que a escola, como parte de um ambiente internacional, tem estado a proporcionar às filhas um desenvolvimento pessoal muito favorável, tentando que elas “lidem com a diferença e estejam disponíveis para ajudar”, justificou. A iniciar o sexto ano de escolaridade, Ana Reis assume que os “anos anteriores foram muito bons”, esperando que “este ano corra tão bem como o ano passado”.

Envolvidos nas atividades da manhã, professores titulares do primeiro ciclo mostraram-se motivados para o novo ano letivo que está a começar. Cristina Sacramento, que este ano leciona o 3.º E e inicia o terceiro consecutivo em Moçambique, é da opinião de que a EPM-CELP “tem projetos muito interessantes ao nível pedagógico, o que vai ao encontro das minhas expetativas relativamente a este ano letivo”. Da mesma opinião é a professora Mónica Gonçalves, do 2.º E, que leciona na nossa Escola há nove anos, acrescentando que os seus alunos, integrados num ambiente internacional, lidam bem com os colegas com necessidades educativas especiais.

web manuel1À tarde foi a vez de os estudantes do ensino secundário serem recebidos pelos diretores de turma. Foi com ansiedade que Manuel Soares, 16 anos, estudante do 12.º ano de Ciências e Tecnologias entrou na sala de aula. A estudar há 12 anos na EPM-CELP e com o objetivo de ingressar no curso de Biologia, acredita que “estudar numa escola internacional abre novos horizontes”. Também há 12 anos a estudar na nossa Escola, Carlos Vale, aluno do 11.º ano na turma de Economia, pretende, por seu turno, seguir Gestão Empresarial, acreditando que este vai ser o ano mais importante desde que ingressou na EPM-CELP.

Já Bemnica Alfredo, Alírio Herculano e Joana Rato são “caloiros” no 10.º A2 que vão cursar Ciências e Tecnologias no ensino secundário, acreditando todos que este ano vai ser desafiante já que “o currículo da Escola Portuguesa é muito diferente do lecionado no sistema de ensino moçambicano”. Têm o sonho de seguir áreas como desenho, engenharia civil ou arquitetura.

web bemnica web alirio  
Bemnica Alfredo Alírio Herculano  

Do lado dos professores o entusiasmo é, também, visível. Antero Ribeiro, diretor de turma do 11.º B, acredita que este vai ser um ano proveitoso em termos de trabalho de grupo entre toda a comunidade escolar, esperando que “a interação entre professores, alunos e encarregados de educação propicie um clima favorável à aprendizagem”, afirmou.

As atividades de receção aos alunos prosseguem na próxima segunda-feira, 4 de setembro, para os segundo e terceiro ciclos do ensino básico e terminam na quarta-feira, dia 6, destinado ao pré-escolar.

Mensagem de boas-vindas da diretora da EPM-CELP
Programas de receção aos alunos
Horários escolares
Calendário escolar

Comentários   

0 #1 Leonor Mourão 01-09-2017 19:09
Bom ano lectivo a todos os intervenientes neste processo de Ensinar-Aprende r- Dar- Retribuir.
Tenho aí dois netos e apesar da distância acompanho suas vidas e sei o quanto eles estão bem e são felizes nessa escola. Torna a saudade menos dolorosa.
Tenho um sonho que talvez um dia possa realizar, enquanto os meus meninos aí andarem: Mostrar a todos os meninos daí como se pinta em aguarela e como de recortes e colagens se fazem quadros maravilhosos.
Um abraço a TODOS
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo