A festa "Uma cidade com livros" é organizada pelas 20 escolas com maletas de leitura e as duas com bibliotecas integradas no projeto Mabuko Ya Hina, em parceria com o Ministério da Educação de Moçambique, o Conselho Municipal de Maputo e a Associação Iverca.

O destaque do programa de hoje vai para as participações das escolas primárias completas Polana Caniço A, Imaculada, Polana Caniço B, Matchik Tchik, Unidade 25, Maguiguana e, ainda, a anfitriã Unidade 23 com muita leitura, teatro, dança, poesia e música. Lugar também para histórias sobre a importância da leitura, de ir à escola, de comer sopa e da amizade. De realçar, amanhã, os espetáculo de teatro, canto e dança da Escola Primária Completa do Triunfo sobre a história da "Formiga Juju e o sapo Karibu". Serão três dias de muitas atividades, como a dramatização da nova obra de Adelino Timóteo , "A Aldeia dos Crocodilos", por alunos da Escola Primária Completa 12 de Outubro, e a exposição permanente de desenhos participada por quase todas as escolas.

Trata-se de mais uma iniciativa no âmbito do Protocolo de Cooperação assinado a 3 de março de 2010 entre os governos de Portugal e de Moçambique nos domínios das bibliotecas escolares e da promoção da leitura, o Ministério da Educação de Moçambique e a Escola Portuguesa de Moçambique, em parceria com a Rede de Bibliotecas Escolares de Portugal. Este acordo visa a criação e o desenvolvimento de bibliotecas escolares e de um conjunto de iniciativas de promoção da leitura nas escolas comunitárias e primárias moçambicanas, no qual se destaca o projeto Mabuko Ya Hina com as maletas de leitura itinerantes, que, presentemente, circulam por mais de 20 escolas da cidade de Maputo e 10 da cidade do Chibuto, sob a coordenação da EPM-CELP.

O aumento das iniciativas em prol da só é possível através de parcerias com organizações locais, como o Movimento Literário - Kuphaluxa, a Associação Livro Aberto, a Associação Iverca, o Movimento Cívico Formiga Juju e a AID Global, que se comprometem a auxiliar as escolas e os professores na gestão e dinamização das maletas de leitura. Importante, também, é o apoio das editoras e livrarias nacionais e estrangeiras que todos os anos facilitam o acesso a mais livros.


Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo