Mentes Brilhantes, o emblemático concurso de saberes e conhecimentos, pôs em desafio as várias turmas de cada ano de escolaridade, numa competição acesa e viva, na qual, por graus de dificuldade, as várias equipas mostraram os seus conhecimentos nas áreas das línguas portuguesa, inglesa e francesa, bem como noutros domínios da cultura geral e curricular. Nesta atividade, muito disputada e renhida até ao último momento, sagraram-se campeões os alunos dos 5.º E, 6.º B, 7-º A, 8.º C e 9.º D. Cada um dos elementos das equipas vencedoras foi premiado com uma caneta USB, uma camisola "Malangatana" e algumas publicações da EPM-CELP, como "Leona, a filha do silêncio", "Wazi", "O coração apaixonado do embondeiro", "Percursos e Olhares" e, ainda, alguns livros da Coleção Acácias.

O Sarau das Línguas, em diálogo interdisciplinar, inspirou-se na interseção das diversas artes e línguas, apresentando, como resultado final das atividades letivas de 2011/2012, um inesquecível espetáculo. Uma princesa sem emoções desespera o seu pai e o seu povo, surgindo, para resolver o problema, um desafio colocado à população do reino: "animar" a princesa através de um desfile dos melhores artistas do reino. Na abertura, o espetacular humor e boa disposição, a cargo de alunos do nono ano de escolaridade, num animado despique entre as línguas francesa, inglesa e portuguesa. Depois, a música clássica, em língua francesa, com o tema Le bleu de tes yeux, interpretado pela soprano Leandra Reis, professora de Educação Musical. O grupo de ballett, da responsabilidade da professora Paula Neves, apresentou excertos da obra Coppélia, Set dances Imperial Society of Teachers of Dancing (I) e (II), mostrando a elegância e a leveza do bailado clássico. O teatro, em língua portuguesa, levou ao palco os alunos dos 10.º e 11.º anos, apresentando, de forma original e criativa, respetivamente, "O Carteiro", de Pablo Neruda, e o excerto da obra "Os Maias", de Eça de Queirós: Sarau da Trindade. Dois plus one foi a música que juntou, em palco, alunas e ginastas do nono ano de escolaridade do grupo coordenado pelo professor Luís Gonçalves para uma dança contagiante e cheia de ritmo. Em língua inglesa, os alunos do nono ano de escolaridade apresentaram Seat belt prize, onde, de forma humorística, dramatizaram as adversidades do tráfego rodoviário. Também o quotidiano inspirou os alunos do oitavo ano, numa divertida dramatização, intitulada The restaurante. A música "pop" Someone like you revelou duas talentosas artistas do nono ano, que emocionaram a plateia. A comptine Denis et Marion au son du violon foi levada a palco pelos alunos do sétimo ano, que mostraram as suas aprendizagens na iniciação à língua francesa, tal como a mímica, com o espetáculo Les mimes à Paris, que desvelou os emblemas culturais e românticos da maravilhosa França, contextualizando o momento em que surgiu a chave para o coração da princesa se abrir de novo ao mundo e à emoção: o amor. O rei, extraordinariamente desempenhado por um aluno do quinto ano, sorriu e com ele toda a plateia foi contagiada pela emoção e alegria das artes e do amor.

web festa-linguas-jun12 web festa-linguas jun12a
web festa-linguas-jun12b web festa-linguas-jun12c

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo