Tânia Silva, professora do Departamento de Línguas, foi a narradora do conto oferecido aos alunos do quinto ano de escolaridade, que ficaram a saber como o pequeno pássaro passou a chamar-se beija-flor. Um episódio que fez entrar na história um leão faminto, Deus e uma águia arrogante, para além dos restantes animais da selva, que enfrentava grave crise alimentar.

A dramatização deste conto tradicional foi concebida, criada e interpretada por Tânia Silva.

tania silva DSC_0131

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo