web masterclass2 2019
Lotações esgotadas e, no espetáculo final de alunos e professores, “bis!” insistentes da plateia tornaram memorável a 16.ª edição da MasterClass de Orquestra e Coro da EPM-CELP, encerrada ontem no Montebelo Indy, em Maputo, após 10 dias de formação intensa com aulas diárias de naipes de orquestra, orquestra e coro inspiradas em temas musicais dos anos 60 à atualidade.

Foi a melhor edição de todas, considera Leandra Reis, representante da Educação Musical na nossa Escola, a área disciplinar que organiza e dinamiza a Masterclass da EPM-CELP. Esta ideia é corroborada por Marta Massango, maestrina da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade Eduardo Mondlane, estabelecimento de ensino que habitualmente participa na Masterclass. Ou ainda pelo entusiasmado comentário publicado na rede social Facebook por Luís Casalinho, maestro da Orquestra de Cordas Luís Freitas Branco no Orfeão de Leiria (Portugal) que foi professor convidado para a 16.ª edição e marcou a batuta no espetáculo final de alunos e professores. Também Stewart Sukuma, conhecido músico moçambicano que foi convidado especial com atuação generosa ao vivo no espetáculo final, confessou aos organizadores a sua surpresa e admiração pela qualidade e intensidade do desempenho público da orquestra.

web masterclass4 2019Depois do espetáculo dos professores da passada sexta-feira, que também esgotou a sala do Montebelo Indy, a apresentação final de domingo foi ainda mais concorrida, com a presença de cerca de 300 pessoas entre encarregados de educação, alunos, professores, amigos e público. No palco atuou uma orquestra composta por cerca de 90 pessoas entre instrumentistas e coristas que rendeu a plateia aos sons sinfónicos. Esta, não satisfeita, “exigiu bis” em duas ocasiões: na primeira os espetadores foram premiados com o tema de 1966 “California Dreamin’”, da banda “The Mamas & The Papas”, e no segundo com “When you believe” do filme “O príncipe do Egipto”. Entre os dois “bis” houve lugar para a consagração de todos os alunos e professores da Masterclass 2019 com a entrega dos certificados de participação pela Direção da EPM-CELP.

A atuação de Stewart Sukuma foi secundada em palco pelo coro da EPM-CELP nas interpretações de “Cerâmica Negra”, original do próprio músico moçambicano, e de “One love” de Bob Marley.

A Masterclass 2019 envolveu instrumentos de cordas (violino, viola de arco, violoncelo e guitarra clássica), teclas (piano) e de sopros (clarinete, saxofone, trompete, trombone e flauta transversal), tendo como professores convidados Edmundo Pires (Conservatória Regional de Música de Vila Real, Portugal), Ester Puig Costa (violoncelista na Orquestra Metropolitana de Lisboa e Orquestra Gulbenkian) e Luís Casalinho (maestro da Orquestra de Cordas Luís de Freitas Branco no Orfeão de Leiria). Luís Santana (violino), Agnes Golias (viola de arco), Assumane Saíde (piano), Ricardo Conceição (piano, clarinete e saxofone), Queirós Júlia (guitarra clássica) e Leandra Reis (coro) foram os professores residentes.

O retumbante êxito da 16.ª edição da Masterclass confirma, segundo Leandra Reis, a decisão acertada, tomada há três anos, de orientar a aprendizagem e treino para o formato orquestra e coro em vez de uma formação segmentada e dirigida apenas a alguns instrumentos. Revela-se um caminho mais enriquecedor para alunos e professores com resultados coletivos integradores da individualidade de cada um dos participantes e acolhedores de efeitos estéticos mais bem conseguidos.
 
web masterclass1 2019
web masterclass5 2019 web masterclass6 2019
 web masterclass3a 2019

Comentários   

+1 #1 Hector 01-07-2019 21:38
Amigos,
Sem duvida , foi uma delicia de concerto!
Parabéns a todos ....mesmo a todos !!!!!
Abraços
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo