web transformarte1 mai18
Está patente no átrio central da Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP), a primeira edição da exposição de intervenção de arte urbana da escola na comunidade, designada “TransFormArte”. O trabalho integrou as celebrações do Dia da Criança e é da autoria de alunos do primeiro ciclo do ensino básico, quando se assinala, hoje, o Dia Mundial do Ambiente, subordinado ao tema "Acabe com a poluição plástica".

Logo à entrada do átrio vislumbram-se dimensões do tempo e do espaço materializadas através de materiais recicláveis enquanto fatores influenciadores da boa cidadania e educação atuais. Os alunos também aplicaram o seu talento e esforço na decoração de várias árvores da EPM-CELP com recurso a técnicas de reutilização de objetos.

Os discos compactos (CD´s), os sacos plásticos de variadas cores, os tecidos, os fios de diferentes tamanhos e modelos e os pratos, entre outros objetos, dão nova imagem ao recinto escolar e sentido ao material outrora “lixo”. A exposição fortalece a perspetiva de uma intervenção artística “urbana” através da qual se estimula cada turma a vestir de arte uma árvore, baseada no conceito artístico de “Yarn Bombing”, um tipo de arte de rua.

No átrio central há igualmente diversas casas, feitas na base no papel e em tubos de canalização; animais “nascidos” de “garrafas pet” e helicópteros e aviões que sobrevoam a área. O papel, o vidro residual, o plástico e as suas variedades em garrafas deram origem a um trabalho que inspira e consciencializa para o reaproveitamento do material e o combate à poluição ambiental.

De acordo com uma das mentoras do projeto, a professora Brígida Nóbrega, a saída dos alunos das salas de aulas para outros espaços da escola tem como objetivo marcar um ponto de viragem didática, estimulando os intervenientes do processo educativo a desenvolverem trabalhos de projeto para além do espaço da sala de aula.

O objetivo principal do “TransFormArte” é a valorização da educação e expressão plásticas, alertando para questões ambientais e de preservação do património natural das regiões, através de intervenções artísticas numa perspetiva integradora e integrada na realidade local e global.
web transformarte2 mai18 web transformarte3 mai18

Notícia relacionada
EFEMÉRIDE | Alunas do 12.º ano estimularam «ambientes» de salas de aula

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo