web cinema ballon.rouge
Os alunos dos primeiro e segundo anos de escolaridade da EPM-CELP assistiram ao filme francês “Le Ballon Rouge”, no Auditório Carlos Paredes no passado dia 29 de março. A iniciativa da Equipa do Plano Nacional de Cinema (PNC) da nossa Escola quis alertar os alunos mais novos para a necessidade de respeitar a diferença entre os indivíduos.

A ação da curta-metragem, escrita e dirigida por Albert Lamorisse e lançada em França a 19 de outubro de 1956, ocorre no bairro Ménilmontant, em Paris, em 1950, e retrata as aventuras de um menino, interpretado por Pascal, filho de Albert Lamorisse, que trava amizade com um balão vermelho com vida própria. Assim começa uma história de um balão e um menino nas ruas de Paris, onde os ciúmes de um grupo de crianças por aquela amizade levam o enredo do filme a um fim trágico e mágico. “Le ballon Rouge” ganhou, no mesmo ano de lançamento, a Palma de Ouro do Festival de Cannes para a melhor curta-metragem, o primeiro de muitos outros prémios internacionais que a película veio a receber.

Para o visionamento do filme os alunos fizeram-se acompanhar dos seus objetos de estimação para “entenderam que, assim como têm um objeto sentimental que não querem ver estragado, deve respeitar-se os gostos das outras pessoas e a diferença”, como explicou Kátia Borges, professora representante do segundo ano de escolaridade, que fez um balanço positivo da atividade.

Benedita Macedo foi uma das alunas que, no fim da exibição, apresentou o seu brinquedo. A boneca que a avó trouxe do Brasil, antes de ela nascer, tem um valor sentimental porque foi dado por uma pessoa importante. Também o João disse que o ratinho de peluche o ajudava a sentir-se melhor quando tinha de dormir à noite ou quando ficava doente, simbolizando “a forma de comunicar com os pais”.

Luísa Quaresma, da Equipa do PNC da nossa Escola, esclareceu que o programa de exibição do filme “Le ballon rouge” teve início nas salas de aula e continuou no auditório, pretendendo-se “que os alunos trouxessem um objeto com o qual sentissem afinidade e, depois, o relacionassem com o filme”, disse. Adiantou que o PNC pretende cobrir todos os anos de escolaridade com o objetivo de trabalhar os temas fílmicos em contexto de sala de aula.

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo