web parlamento.jovens 30jan20
A quatro meses da realização da Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, em Portugal, a Sessão Escolar da Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP), realizada ontem no Auditório Carlos Paredes, elegeu os dois deputados para representarem a nossa Escola na Assembleia da República. Larissa Gil (9.º A) e Bruna Prista (9.º B), a par da suplente Kandara Matlaba (9.º C), foram as escolhas de 31 alunos saídos das cinco listas candidatas.

A sessão, dirigida pelo docente do Departamento de Línguas e coordenador do Parlamento dos Jovens na EPM-CELP, João Paulo Videira, ofereceu a oportunidade para debater, criticar e defender 14 medidas no campo de “Violência doméstica e no namoro”, numa perspetiva de sensibilizar os jovens para a intervenção social. Os resultados foram enviados, ontem à noite, para a Assembleia da República de Portugal, incluindo o relatório de todo o processo e o número de listas concorrentes. Agora, Larissa Gil e Bruna Prista irão aguardar os resultados do escrutínio do círculo Fora da Europa por parte da Assembleia da República que, depois de analisar o Projeto de Recomendação da EPM-CELP, contendo três medidas, elegerá a escola representante daquele círculo à Sessão Nacional no parlamento português, a realizar-se nos dias 4 e 5 de maio de 2020, em Lisboa.

Larrisa Gil é já deputada experiente em discutir, criticar e defender medidas no Parlamento dos Jovens. No ano passado, ao lado de Luca Ambrosi, a estudante conseguiu convencer os seus pares a incluir uma das três medidas que levava na bagagem para Lisboa no projeto de lei final sobre salvamento e defesa dos oceanos, aprovado na Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens. Na verdade, os dois deputados da EPM-CELP conseguiram fazer vingar, então, a sua ideia ambientalista e solidária, cruzando a defesa dos oceanos com o acolhimento de refugiados, contemplada na proposta “Criação de um serviço público de limpeza de praias em parceria com o programa de acolhimento de refugiados”. Já Bruna Prista é estreante na vida parlamentar efetiva, mas já teve experiência próxima pois no ano passado a aluna foi suplente eleita.

O Parlamento dos Jovens é uma iniciativa da Assembleia da República de Portugal que leva a cabo debates à escala universal onde quer que se fale a língua portuguesa. Participam nesta iniciativa as escolas portuguesas sediadas em Portugal, no círculo da Europa e no círculo Fora da Europa.

jornalarte quad

pontalingua quad

Logo UPA

despesc

Topo