web deputados.epm fev19
Os jovens deputados da EPM-CELP Larissa Gil (8.ºA) e Luca Ambrosi (8.ºE) convenceram os seus pares a incluir uma das três medidas que levavam na bagagem para Lisboa no projeto de lei final sobre salvamento e defesa dos oceanos aprovado pela Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens, realizada nos passados dias 6 e 7 de maio na Assembleia da República, em Portugal.

Os nossos deputados conseguiram fazer vingar a sua ideia ambientalista e solidária, cruzando a defesa dos oceanos com o acolhimento de refugiados contemplada na proposta “Criação de um serviço público de limpeza de praias em parceria com o programa de acolhimento de refugiados”. Basicamente, o que Larissa Gil e Luca Ambrosi propuseram foi a criação de um serviço público de limpeza das praias e dos oceanos constituído a partir de mão-de-obra de refugiados.

De acordo com o docente do Departamento de Línguas e coordenador do projeto Parlamento dos Jovens na EPM-CELP, João Paulo Videira, a inclusão de uma das medidas no Projeto de Lei traduz o reconhecimento da qualidade do trabalho realizado na nossa Escola ao nível do ensino básico. Ou seja, “pode parecer que o nosso sucesso está apenas nos dois dias da Sessão Nacional, mas não. Este trabalho vem desde outubro, com o envolvimento das turmas, respetivos diretores e o seu mérito na forma como lideram os miúdos e, sobretudo, o valor intrínseco dos meninos e as suas próprias capacidades que sobressaem quando são bem liderados e têm bons valores cívicos”, disse João Paulo Videira, para quem esta conjugação de esforços ajudou à formação de líderes que, mesmo em ambientes completamente diferentes, com mais de 200 deputados, conseguiram defender as suas ideias. Tendo em conta a complexidade das normas parlamentares, sobretudo na fase de aprovação de medidas, João Paulo Videira reconhece que os nossos deputados “tiveram que ter capacidade argumentativa, uma grande capacidade de defesa das suas ideias, muito jogo de cintura e muita capacidade negocial, porque uma medida nunca vai sozinha. Para fazer um Projeto de Lei a medida tem de ir num pacote”, declarou.

Depois desta experiência parlamentar, está previsto que os nossos alunos-deputados venham a desenvolver na EPM-CELP tarefas na área da educação cívica, sendo orientados para liderar várias iniciativas, como, por exemplo, nas atividades de solidariedade, de consciencialização cívica, em diversos âmbitos e domínios, e no treinamento de colegas que irão participar nas futuras sessões nacionais do Parlamento dos Jovens em Portugal.

No corrente ano letivo de 2018/2019, o Parlamento dos Jovens versou o tema “Salvar os Oceanos”. “Colocação de redes ou grades nas valas de águas pluviais” e “Celebridades ao Serviço da Limpeza dos Oceanos” foram as outras duas medidas levadas pelos nossos deputados a Lisboa, para além da que lograram incluir no Projeto Lei final.

Notícias relacionadas
CIDADANIA | Sessão Escolar elegeu deputados da EPM-CELP para o Parlamento dos Jovens em Portugal
CIDADANIA | EPM-CELP leva dois deputados à Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens em Portugal