web mabuko1 mar19
O projeto “Mabuko Ya Hina” mobilizou o apoio do BCI (Banco Comercial e de Investimentos) para equipar a biblioteca da Escola Secundária Estrela Vermelha com dois computadores, oferecidos ontem pelo presidente executivo daquela entidade bancária, Paulo Sousa, ao diretor do estabelecimento de ensino da cidade de Maputo, Gilberto Reis. Na cerimónia protocolar, testemunhada pela diretora da EPM-CELP, Dina Trigo de Mira, o BCI também ofereceu 90 livros para o projeto “Mabuko Ya Hina” dinamizar as suas atividades de promoção da leitura junto de escolas do sistema de ensino moçambicano.

A biblioteca da Escola Secundária Estrela Vermelha, que integra o projeto “Mabuko Ya Hina”, vai ser inaugurada no próximo dia 13 de março na sequência de um esforço de reabilitação do respetivo espaço físico, desenvolvido conjuntamente por alunos do próprio estabelecimento de ensino e da EPM-CELP, que, em regime de voluntariado, pintaram as paredes da biblioteca e catalogaram os livros. Reforçam estas condições a oferta de 20 cortinas pela EPM-CELP, também realizada ontem na cerimónia, para além dos dois computadores já referidos.

Os 90 livros doados pelo BCI ao projeto “Mabuko Ya Hina” vão apetrechar nove maletas de leituras destinadas à província de Inhambane, no distrito de Inharrime, onde, neste momento, as atividades de promoção da leitura e escrita são desenvolvidas com recurso a uma unidade apenas.

Dina Trigo de Mira, diretora da EPM-CELP, afirmou, no decorrer da cerimónia, esperar que a nova biblioteca da ESEV tenha o impacto positivo desejado nas aprendizagens dos estudantes e que venha a constituir-se como um espaço de sonho e criatividade, onde também os alunos se podem tornar “pensadores críticos e utilizadores efetivos de informação”, declarou. Por sua vez, Paulo Sousa, presidente do conselho executivo do BCI, congratulou a iniciativa do projeto “Mabuko Ya Hina”, coordenado pela nossa Escola, afirmando que o mesmo pode mudar a realidade “numa altura em que o acesso ao livro é algo difícil”.

O diretor da ESEV e os dois alunos que o acompanharam ontem, em representação dos demais estudantes, não esconderam a satisfação na cerimónia de entrega, prometendo cuidar do equipamento doado em prol do conhecimento e do desenvolvimento do país.

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo