web cartaz7escolalivros out18Para encerramento das atividades das bibliotecas escolares e maletas de leituras do ano letivo de 2018 do sistema de ensino de Moçambique, o projeto “Mabuko Ya Hina” vai dinamizar a sétima edição do Festival “Escolas com Livros” durante a próxima semana (15 a 19 de outubro - clique nesta ligação para ver o programa), com palcos montados na Escola Primária Completa Nossa Senhora do Rosário e no Jardim dos Professores, na cidade de Maputo.

Leitura, conto, reconto, escrita, teatro, dança, poesia, música e muita diversão são as atividades que vão animar o festival, o qual vai ser interpretado por alunos das escolas moçambicanas que integram o projeto “Mabuko Ya Hina”. O evento ocupará todas as manhãs da próxima semana na Escola Primária Completa Nossa Senhora do Rosário, à exceção da quinta-feira (dia 18) que acolherá a apresentação, no Jardim dos Professores, da obra “A Formiga Juju e a Borboleta Mwarusi”, de Cristiana Pereira e Walter Zand.

Ana Albasini, coordenadora do projeto “Mabuko Ya Hina”, afirma que o evento, em primeira instância, pretende reunir as 32 escolas moçambicanas abrangidas pelo plano de promoção da leitura, tendo igualmente avaliado de forma positiva o trabalho desenvolvido ao longo de 2018 na área da dinamização das bibliotecas escolares e maletas de leitura: “Foi um ano positivo porque as escolas continuam a demonstrar interesse e motivação. Verifica-se progressos significativos não só na gestão autónoma das bibliotecas, mas também nas competências de leitura e escrita”.

O Festival “Escolas Com Livros” é o evento que, anualmente, divulga o trabalho realizado ao longo do ano letivo pelas escolas abrangidas pelo projeto “Mabuko Ya Hina”, desenvolvido no âmbito do Protocolo de Cooperação, assinado a 3 de março de 2010, entre os governos de Portugal e de Moçambique nos domínios das bibliotecas escolares e da promoção da leitura. O protocolo visa a criação e o desenvolvimento de bibliotecas escolares e de um conjunto de iniciativas de promoção da leitura nas escolas comunitárias e primárias moçambicanas, reconhecendo os governos signatários o papel da leitura no favorecimento do sucesso escolar e na formação global dos alunos.

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo