web festivalcomlivros out17
Salão cheio na Escola Secundária Eduardo Mondlane, em Maputo, para acolher a sessão de encerramento da sexta edição do festival «Escola Com Livros» realizada no passado dia 27. O evento, que culminou uma semana plena de atividades, coube ao projeto «Mabuko Ya Hina», coordenado pela Escola Portuguesa de Moçambique – Centro de Ensino e Língua Portuguesa (EPM-CELP), e reuniu alunos das 30 escolas aderentes.

O festival, cujo objetivo foi promover o livro e a leitura, distinguiu as três escolas que se destacaram nas apresentações de música, danças, teatro e poesia: a Escola Primária Completa Maxaquene “C” venceu, ficando em segundo lugar a EPC/ES do Triunfo e, em terceiro, a EPC Imaculada. No concurso de ilustração, subordinado ao tema água e lançado a 8 de setembro último, Dia Internacional da Literacia, a vencedora foi a Escola Comunitária Rainha da Paz, seguida da Escola Primária Imaculada e da Escola Primária Completa Laura Vicuna.

Foi através de peças de teatro, de músicas, de declamação de poemas e de desenhos que os alunos alertaram para a importância da água, do livro e da leitura, desejando que “o ano letivo 2018 seja um ano de leitura e de aprendizagem”, tal como manifestou o diretor da Escola Secundária Eduardo Mondlane, Benedito Tomás.

Recorde-se que, no segundo dia do festival, a par da atuação das delegações das escolas do projeto «Mabuko Ya Hina», o Coro das Amizades da EPM-CELP, constituído por 21 alunos do primeiro ano de escolaridade coordenados pela professora Zubaida Ismael, contribuiu para o espetáculo com canto e danças que lembraram a importância da água.

O festival “Escola Com Livros” encerrou o ano letivo de 2017 das escolas do sistema de ensino moçambicano e marcou o fim atividades das bibliotecas escolares e das maletas de leitura do projeto “Mabuko Ya Hina” (Os Nossos Livros).

web escolas.livros 31.10.17

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo