web liberdade abr18É verdade que, nos dias que correm, pouco ou quase nada se questiona sobre a liberdade. Porém, ela é crucial para que a nossa vida corra minimamente bem. É certo que, com o tempo, o conceito “liberdade” vai tendo significados diferentes, razão pela qual hoje temos uma idealização da liberdade diferente da dos antigos. Em pleno século XXI, o que será a liberdade? Será não termos ordens ou leis para cumprir? Não acredito que seja isso.

Por causa das erradas idealizações, importa-me agora elucidar acerca deste conceito que, mais do que um conceito, é um sentimento. Liberdade rima com tranquilidade. Um indivíduo verdadeiramente livre, vive tranquilo e cheio de paz...

A liberdade engloba o lado físico e o lado psicológico de quem é livre, pelo que não é o simples facto de um indivíduo não se encontrar encarcerado que vai definir a sua liberdade. Podemos até não estar em nenhum cárcere, mas se não conseguirmos fazer aquilo que está de acordo com a nossa vontade, se não temos nenhum poder de escolha, então não somos livres. Só aceita e assume as consequências daquilo que faz aquele que, outrora, foi livre de escolher as suas ações.

Atualmente, a nossa liberdade é condicionada por um simples telemóvel, computador ou até mesmo televisão. Vivemos cativos e não sabemos, ou se sabemos permanecemos na ignorância. Isso sim é triste e exige uma premente necessidade de mudança.
Manuel Nhaca (10.º A2)

Comentários   

0 #1 Jorge Morgado 16-04-2018 18:29
Muito bem escrito Manuel. Parabens.
Citar

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo