web jovensO que é ser jovem? Jovem é aquele que sempre se espanta, sem saber onde pertencer. É aquele que a vida desafia, sem ter medo de errar ou de a perder. Ser jovem não se revela apenas no físico, mas também no que a alma contém, não deixando de seguir os seus sonhos e de viver a vida com uma intensa paixão, questionando a realidade e, com coragem, as regras quebrar.

Assim, ser jovem é, tal como um filósofo, não se conformar com a verdade e, de uma forma inconsciente e livre, estar permanentemente à sua procura. Ser jovem “hoje” é ser como uma esponja que, para além de absorver a sabedoria, absorve cada vez mais os média.

Ser jovem “aqui” é ser-se pássaro sem poder voar. Sem poder livremente, por entre estas ruas, sem coração, voar, mas sem deixar de aproveitar e amar a liberdade que se tem. Ser jovem “aqui” é sentir-se vivo por estar apenas com os amigos, mas é também ler o jornal de uma sociedade a desabar.
“Aqui” o jovem vê a pobreza, sem da sua vida a poder ocultar e, no entanto, viaja sem nos custos pensar. Então, ser-se jovem “aqui” é de longe ser-se ignorante e é de longe ser-se imaturo. É olhar para o mundo com uma perspectiva diferente da dos europeus.

Por muitas mais festas e convívios a que se vá, por muitas mais redes sociais que se utilizem, os jovens não conseguem ignorar a inflaçao que paira neste ar. O jovem recorre ao divertimento e às comunicações como escapatória da vida, usando os média para comentar, pesquisar ou postar “coisas” que não são quase nada importantes, mas que o consome. Estas redes sociais abraçam a alma humana, sem o jovem reparar, pois já fazem parte do dia-a-dia do Mundo de “hoje”... o telemóvel tornou-se um vício crescente.

Estando a realidade que o rodeia longe de ser aceitável, o jovem é como uma fruta a amadurecer, pois não só está a crescer fisicamente como também se está a descobrir a si mesmo. E é com as experiências que adquire “aqui” e “hoje” que o seu carácter e personalidade se vão formar.

O que é “Ser jovem, hoje e aqui?” É ser o rei do seu Mundo, mas sem saber que reino governar. É não ter a liberdade que queria, sem a poder contrariar e é pensar que os “social media” não são apenas tecnologia, mas sim sociologia e psicologia.


Margarida Dray (10.º C)web margarida.2016

Comentar


Código de segurança
Atualizar

jornalarte quad

pontalingua quad

letraletra quad

despesc

Topo